Bem vindos à minha página
Aqui você encontra um pouco do meu mundo e dos meus trabalhos.
Ononono Valeu!

Warning: count(): Parameter must be an array or an object that implements Countable in /var/www/html/silviaamelia.com.br/web/wp-includes/post-template.php on line 284

Em plena rua da Consolação, em São Paulo, o taxista me pergunta: - Você gosta de flores? - Adoro! - Pois logo mais tem ali uma primavera linda, apontou o lado.   Eu escorreguei pelo banco de trás e me pus na janela di­reita à espera da árvore florida. Ele então trocou de pista pra gente se aproximar da visão. - Olha lá, que linda, ele disse. - Nossa, bonita mesmo, tão cor-de-rosa. Algumas são mais arroxeadas, mas eu prefiro as cor-de-rosa assim

O livro No Meio do Caminho tem uma cara diferente da média dos livros. Ele foi pensado para atender ao público da Educação de Jovens e Adultos, o que inclui pessoas idosas com vista cansada. Alunos de EJA podem ser grandes leitores, que mesmo fora da escola continuaram lendo com frequência, mas podem também ser novos leitores, que leram quase nenhum livro até hoje. No Meio do Caminho foi pensado para atender inclusive os novos leitores literários. Por isso o seu projeto gráfico foi feito para tornar a leitura o mais agradável possível. O tamanho da letra é maior, a diagramação é

Eu aprendi a ler com 40 anos. Assim o moço pequeno, forte, negro e sorridente, ao meu lado no ônibus, puxou assunto. - E quantos anos você tem? - Eu tenho 42, ele sorria orgulhoso. - Então foi bem recente, hein? E antes disso, você não lia nada? - Na verdade eu comecei a pelejar com isso aos 30, mas não tinha jeito, começava naquelas salas de aula de adulto, logo tinha que viajar para trabalhar e nunca ia pra frente. Até comprei um livro, uma vez, daqueles de criança mesmo, para tentar me alfabetizar sozinho, mas aprendi pouca coisa. - E você trabalha com

Quem não sabe como um livro é feito acredita que o escritor escreveu tudo o que está ali publicado daquela forma desde o início. Isso não é verdade. Um livro sempre passa pelas mãos de um bom revisor que fará uma minuciosa leitura antes dele ser publicado O revisor não deixa o autor passar vergonha. Ele corrige erros de digitação, de ortografia, de concordância. Padroniza situações textuais em que não existe apenas um “certo” a se fazer. Percebe rimas indesejadas e combinações de palavras que soam truncadas ao serem lidas rapidamente. O revisor da minha vida é o jornalista e estudante de